Saiba qual é o melhor país nas competições europeias esta época (Portugal está bem longe)

27 out 2023, 16:03
Fenerbahçe (AP Photo/Khalil Hamra)

Num ranking particularmente importante, que apura duas equipas para a renovada Liga dos Campeões, a Turquia lidera e a seguir vem a Bélgica

A Turquia é o país com melhor prestação coletiva esta época nas competições europeias, com Portugal afundado no 13º lugar no ranking que definirá dois lugares adicionais na renovada Liga dos Campeões.

A performance coletiva de cada país é particularmente importante na atual temporada, de acordo com o novo formato da Liga dos Campeões, a partir de 2024/25. A competição, que se jogará num formato de Liga em vez da atual fase de grupos, passa a contar 36 equipas, contra as atuais 32, sendo que os lugares adicionais são atribuídos a mais uma equipa do quinto classificado do ranking, a outra vinda da qualificação dos campeões nacionais e a duas dos países com melhor performance coletiva na época anterior.

Por agora, esses dois primeiros lugares são ocupados pela Turquia e pela Bélgica. Liderada pelo Fenerbahçe, com uma incrível época europeia que já conta nove triunfos em outros tantos jogos para a Liga Conferência, e pelo Galatarasay, que passou três pré-eliminatórias e está na fase de grupos da Liga dos Campeões, a Turquia tem em prova ainda três dos quatro clubes que iniciaram a temporada e apresenta uma média de 8.750 pontos, o que representa quase o dobro de Portugal.

A Bélgica mantém em competição os cinco clubes originais – além do Antuérpia na Liga dos Campeões, tem o Union St Gilloise na Liga Europa e um trio na Liga Conferência liderado por Gent e Club Brugge, líderes dos seus grupos.

Ambos os países, com ranking absoluto inferior a Portugal, têm nesta altura melhor média de pontos do que os clubes das quatro principais Ligas europeias, que ocupam os lugares seguintes no coeficiente da época da UEFA. Depois vêm Grécia, Países Baixos, França, Rep. Checa, Dinamarca, Polónia e só depois Portugal.

O ranking da época da UEFA

É uma fase preliminar da temporada e a tendência será para que os países mais fortes vão recuperando terreno, mas Portugal dificilmente conseguirá escapar a uma má temporada, acentuada esta semana, quando o FC Porto foi a única das quatro equipas ainda em competição que venceu. Para estas contas, recorde-se, perdeu cedo dois dos seus representantes, com as eliminações precoces de V. Guimarães e Arouca.

Esta má época, já se sabe, representa também piores perspetivas no ranking da UEFA a cinco anos, aquele que define a base de qualificação das competições europeias.

Relacionados

Patrocinados