Saiba tudo sobre o Euro aqui

«Evangelista? Fizemos o trabalho de casa com imagens do Arouca»

28 mar, 15:19
Gil Vicente-Vizela (JOSÉ COELHO/LUSA)

Vítor Campelos anteviu o jogo com o Famalicão e considerou que a mudança de treinador não vai ter «grande impacto»

O Gil Vicente está preparado para qualquer alteração que Armando Evangelista implementar na equipa do Famalicão, que mudou recentemente de treinador.

«Estamos mais preocupados com aquilo que temos de fazer e estamos preparados para qualquer sistema do adversário. Não vejo que essa mudança de treinador tenha grande impacto, senão as equipas estavam todas as semanas a trocar de técnico», afirmou o treinador dos gilistas, Vítor Campelos, em conferência de imprensa.

O técnico frisou que os famalicenses vinham a apresentar-se com uma linha de cinco defesas, mas Evangelista «gosta de jogar com uma linha de quatro defesas».

«Sabemos o modelo e a estrutura que o Armando [Evangelista] privilegia nos clubes que passou, mas não sabemos o que vai acontecer, ou se vai alterar alguma coisa, porque chegou há pouco tempo. Fizemos o trabalho de casa e mostrámos algumas imagens do Arouca orientado por ele», revelou.

«Estamos preparados para todas as vicissitudes, mas temos de estar focados no que nós sabemos e queremos fazer. Já provámos que conseguimos enfrentar qualquer adversário e é a nossa ideia de jogo que tem de prevalecer», sublinhou.

No entender do treinador dos barcelenses, o Famalicão «tem uma equipa de qualidade, que assumiu, no início da época, que ia lutar pelos lugares europeus». Por outro lado, Campelos destacou a regularidade do Gil Vicente, que quer superar a barreira dos 30 pontos já neste desafio.

«Pontuámos em quatro dos últimos cinco [jogos], e, com sinceridade, acho que pontuamos em quatro dos últimos cinco, deveríamos ter mais pontos. Em vários momentos dessas partidas estivemos por cima dos adversários, mas, por falta de eficácia, não conseguimos marcar mais golos», observou.

«Com uma ponta de sorte nos detalhes podíamos ter mais pontos. Temos produzido jogos de grande qualidade, ainda no último, em Braga, o empate já era mau para nós, a acabamos por não trazer qualquer ponto. Temos uma equipa renovada, depois da saída de 13 jogadores da época passada, mas, por o que temos feito, merecíamos mais», concluiu.

O Gil Vicente, ainda sem os lesionados Kiko Pereira e Afonso Moreira, mas já com Depú, recebe o Famalicão esta sexta-feira, às 15h30, em jogo da 27.ª jornada da Liga para seguir AO MINUTO no Maisfutebol.

Relacionados

Patrocinados