Incêndio mata 22 idosos em lar ilegal na Rússia

24 dez 2022, 09:25

Prédio que não estava oficialmente registado como uma casa de repouso

Um incêndio de grandes dimensões atingiu, este sábado, um lar de idosos ilegal na cidade de Kemerovo, na Sibéria, e vitimou pelo menos 22 pessoas. O último balanço apontava para 20 mortos.

De acordo com a agência RIA, as chamas atingiram o segundo andar de um prédio que não estava oficialmente registado como uma casa de repouso. O incêndio foi dado como extinto durante a madrugada. 

Na Rússia existem muitos lares de idosos que funcionam de forma ilegal e, por isso, são considerados propriedade privada e, consequentemente, não são sujeitos a inspeções. 

As autoridades locais explicaram à RIA que muitos desses lares violam os regulamentos de segurança contra incêndios e que isso pode ter sido a causa do "desastre" desta noite. 

A cidade de Kemerovo registou em 2018 um dos incêndios mais mortíferos da Rússia. As chamas atingiram os andares superiores do centro comercial "Winter Cherry", acabando por matar 64 pessoas. 

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados