Saiba tudo sobre o Euro aqui

Croácia despede selecionador por apoiar o Betis contra o Dínamo Zagreb

15 fev, 11:56
Robert Jarni (Photo by Alessandro Sabattini/Getty Images)

Apesar do passado de Robert Jarni no clube espanhol, a federação considerou que o comportamento «ultrapassou os limites do inadmissível»

A Federação Croata de Futebol (HNS) despediu o selecionador sub-17, Robert Jarni, após as declarações do técnico à imprensa, nas quais considerou que o Betis tem melhor plantel e é favorito para o duelo com o Dínamo Zagreb, na Liga Conferência.

«Por decisão unânime do Comité Executivo da Federação Croata de Futebol, Robert Jarni foi dispensado das suas funções como seleccionador nacional sub-17 da Croácia, após declarações inadequadas nos meios de comunicação social», lê-se no comunicado do organismo.

«Depois de verificada a autenticidade da declaração de Robert Jarni de que apoiará o Betis no jogo contra o representante croata do Dínamo nas competições da UEFA, o Conselho Executivo do HNS tomou a decisão unânime de que Jarni não pode continuar a ser o seleccionador croata», refere ainda a nota.

Apesar de Jarni ter representado o Betis enquanto futebolista, a federação apontou que «é inadequado, indesejável e inadmissível que uma pessoa à frente de uma seleção croata apoie abertamente contra qualquer clube croata numa competição europeia».

O organismo considerou ainda que o comportamento do selecionador «ultrapassou os limites» e envia uma «má mensagem» aos jovens da seleção.

Relacionados

Patrocinados