Saiba tudo sobre o Euro aqui

Taça Asiática: uma surpresa chamada Jordânia

20 jan, 13:42
Jordânia - Coreia do Sul (foto: AP Photo/Aijaz Rahi)

Favorita Coreia do Sul travada em Doha, salvou empate nos últimos minutos

Houve surpresa no primeiro jogo deste sábado na Taça Asiática. A Jordânia, número 87 do ranking da FIFA, empatou com a Coreia do Sul, que está da 23ª posição.

Os coreanos até entraram bem e marcaram bem cedo, logo aos nove minutos, numa grande penalidade convertida pela estrela Som Heung-Min. Um golo que dedicou ao guarda-redes Kim Seung Gyo, que teve de abandonar a seleção por causa de uma lesão grave lesão num joelho.

A Coreia do Sul, que vinha de uma vitória sobre o Bahrein na primeira jornada, parecia embalar para novo triunfo.

Só que a Jordânia – que tinha goleado a Malásia no primeiro jogo – conseguiu reagir e deu a volta ao resultado ainda na primeira parte, com um autogolo de Park Yong-Woo e um golo de Yazam Al Naimat.

A segunda parte foi quase de sentido único, com a seleção orientada por Jurgen Klinsmann lançada no ataque.

Só conseguiu empatar no primeiro dos 11 minutos de compensação dados pelo árbitro. Um remate de foi desviado pelo defesa Yazan Al Arab e enganou o guarda-redes Yazeed Abulaila, que parecia impossível de bater de outra forma.

O empate deixa as duas equipas com quatro pontos e adia a questão do apuramento para a última jornada. Além disso, dá esperança às equipas derrotadas na primeira jornada: Malásia e Bahrein.

Relacionados

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados