Champions asiática: Jesus vence, mas é eliminado nas «meias»

23 abr, 21:10
Jorge Jesus no Al Hilal-Al Ain (Yasser Bakhsh/Getty Images)

Depois de ter perdido por 4-2 na primeira mão, o Al Hilal derrotou o Al Ain por 2-1 na segunda mão

O Al Hilal, de Jorge Jesus, regressou às vitórias, mas foi eliminado nas meias-finais da Liga dos Campeões asiática. Depois de ter sido derrotada por 4-2 na primeira mão, a equipa saudita, que teve Ruben Neves no onze inicial, venceu o Al-Ain por apenas 2-1 e acabou afastada da prova.

Logo no primeiro minuto do encontro, Autonne derrubou Michael dentro da área e o árbitro assinalou penálti para o emblema saudita. Encarregue da marcação, Ruben Neves enganou o guarda-redes adversário e deixou o Al Hilal a apenas um golo de empatar a eliminatória.

Contudo, o Al-Ain, dos Emirados Árabes Unidos, não demorou muito tempo a reagir. Aos 12 minutos, o conjunto de Hernán Crespo, antigo avançado argentino, fez o empate no encontro, após uma bela jogada coletiva, que foi finalizada com sucesso por Menezes.

Pouco depois, o jogador, de 23 anos, saiu lesionado e após os dois golos nos primeiros 15 minutos da partida, o ritmo do encontro baixou e muito. Barman, aos 25 minutos, quase marcou na própria baliza, mas a bola bateu no poste. Em cima do intervalo, Al Dawsari falhou de forma incrível na cara do guarda-redes.

No recomeço, o Al Hilal voltou a marcar. Aos 51 minutos, a equipa de Riade dispôs de um lançamento do lado esquerdo do ataque, que foi executado de forma longa. A bola acabou nos pés de Al Dawsari, que no coração da área, atirou fora do alcance do guardião.

Até final, o emblema de Jorge Jesus desperdiçou várias oportunidades claras de golo e foi o Al-Ain a ter melhor pontaria. Por duas vezes, a equipa visitante colocou a bola na baliza de Bono, mas os golos foram anulados, primeiro, por fora de jogo e depois por falta ofensiva.

Com este resultado, o Al Hilal regressou às vitórias, depois de ter somado a primeira derrota ao fim de 34 triunfos consecutivos, mas foi eliminado nas meias-finais da Liga dos Campeões asiática. O conjunto saudita venceu a segunda mão por 2-1, mas perdeu na primeira mão por 4-2.

Desta forma, o Al-Ain leva a melhor na eliminatória por 5-4 e segue, assim, para a final da prova, onde vai defrontar o vencedor do duelo entre o Yokohama Marinos, do Japão, e o Ulsan Hyundai, da Coreia do Sul.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados