VÍDEO: Inter Miami em desvantagem nos «quartos» da Champions

4 abr, 10:43
Inter Miami perde nos «quartos» da Liga dos Campeões da América do Norte (AP)

Messi viu das bancadas novo desaire do Inter Miami, desta feita às mãos dos mexicanos do Monterrey

O Inter Miami foi derrotado, na madrugada desta quinta-feira, na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões da América do Norte. Na receção ao Monterrey, e sem Messi, os mexicanos adiantaram-se na eliminatória, por 1-2.

Entre os anfitriões, Jordi Alba, Busquets e Suárez foram titulares.

Num encontro que arrancou «partido», as oportunidades sucederam-se, com os guarda-redes a afastarem – por vezes de forma pouco ortodoxa – o perigo. Ao minuto 19, na sequência de um canto pela direita, o central Tomás Aviles inaugurou o marcador. Aproveitando a apatia da defesa contrária, o argentino, de 20 anos, rematou, na pequena área, para o seu primeiro golo na época, ao décimo jogo.

Até ao intervalo, o perigo não voltou a rondar as balizas, mas os índices de agressividade aumentaram.

No segundo tempo, Suárez ameaçou ampliar a vantagem, aos 55m, de livre direto, e, 10 minutos mais tarde, o Inter Miami viu David Ruiz ser expulso. Com dois cartões amarelos em quatro minutos, o médio das Honduras, de 20 anos, terá a rever os índices de agressividade.

Logo a seguir, aos 69m, o Monterrey repôs a igualdade. Também na sequência de um canto pela direita, Meza assinou o 1-1, assistido pelo guardião Callender, incapaz de segurar ou afastar o esférico.

Galvanizados pelo momento, Jorge Rodriguez consumou a reviravolta, aos 88m. O remate, em arco, à entrada da área, foi bem medido, descartando Callender do lance. Foi a estreia a marcar na época para este médio argentino, de 28 anos.

A segunda mão está agendada para a madrugada de quinta-feira (03h30). No Bancomer, Monterrey e Inter Miami decidem quem atinge as «meias» da Liga dos Campeões da América do Norte. Para essa «final», o Inter Miami espera já contar com Messi, há 20 dias a recuperar de problemas musculares.

O vencedor da eliminatória cruzará com os norte-americanos do Columbus Crew, ou com os mexicanos do Tigres. Para já, tudo empatado nessa disputa (1-1).

O mesmo não se pode dizer das outras eliminatórias, uma vez que o Pachuca goleou o Herediano (5-0) e o Club America cimentou uma vantagem importante sobre o New England Revolution (4-0).

O conjunto de Miami não vence desde que Messi se lesionou. Um empate e uma derrota na Liga, em todo o caso, apenas remeteu o Inter para o segundo lugar da Conferência Este da MLS, a um ponto do Cincinnati, ao cabo de sete jornadas. Ainda assim, o líder poderá ampliar a vantagem sobre Messi e companhia, uma vez que guarda um jogo em atraso.

 

Relacionados

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados