Premier League: Andy Cole e John Terry juntam-se ao Hall of Fame

22 abr, 16:09
Andy Cole e John Terry no Hall of Fame da Premier League (Site Premier League)

Dupla foi a mais votada e é a 23.ª e 24.ª aquisição da restrita lista

Andy Cole e John Terry são as mais recentes aquisições ao Hall of Fame da Premier League, informou a organização esta segunda-feira.

De uma lista de 15 antigos jogadores, a dupla foi selecionada depois de ter recebido um maior número de votos dos adeptos e do júri dos prémios da Premier League.

Depois de Ashley Cole também se ter juntado ao Hall of Fame no presente ano, Andrew Cole e John Terry são a 23.ª e 24.ª aquisição da lista. Na terça-feira, os três antigos futebolistas serão reconhecidos numa cerimónia oficial em Londres.

Cole é o quarto melhor marcador de sempre na liga inglesa, com 187 golos (apenas um penálti!) em 414 jogos. Ao longo da carreira vestiu várias camisolas, entre elas Manchester United, Newcastle United, Blackburn Rovers, Manchester City ou Fulham. No palmarés tem vários títulos, destacando-se pelas seis ligas inglesas, uma Liga dos Campeões, duas Taças de Inglaterra e três Taças da Liga.

«Estou orgulhoso de tudo o que conquistei no futebol, graças à minha família, aos meus treinadores e aos meus companheiros de equipa, e ser incluído no Hall of Fame deixa-me muito orgulhoso. O futebol é um jogo de altos e baixos, mas aproveitei cada minuto da minha carreira. O meu pai queria que eu jogasse críquete, mas eu disse: 'Não, pai, acho que sou bom no futebol'. Olhar para trás, para a minha carreira, enche-me de muito orgulho e coloca-me um sorriso no rosto», disse Andy Cole.

Relativamente a John Terry, o eterno capitão do Chelsea, que entre 1995 e 2017 pertenceu aos quadros dos blues, ganhou cinco ligas inglesas, uma Liga dos Campeões, uma Liga Europa (2-1 na final contra o Benfica), seis Taças de Inglaterra, três Taças da Liga e uma Supertaça Europeia. Na Premier League tem o recorde de mais jogos sem sofrer golos como defesa, com 214.

«Estou muito grato por ter sido eleito para o Hall of Fame da Premier League. Sou um jogador que certamente deu tudo de mim sempre que entrei em campo e ser reconhecido dessa forma deixa-me muito orgulhoso. Tive a sorte de dividir o balneário com tantos jogadores importantes. Ser capitão de um clube como o Chelsea e alcançar o que fizemos como equipa é muito especial para mim», afirmou o defesa inglês.

A dupla de internacionais ingleses junta-se à seguinte lista: Alex Ferguson, Arsène Wenger, Petr Cech, Rio Ferdinand, Tony Adams, Patrick Vieira, Wayne Rooney, Peter Schmeichel, Ian Wright, Didier Drogba, Paul Scholes, Vincent Kompany, Sergio Aguero, Alan Shearer, Thierry Henry, Roy Keane, Eric Cantona, David Beckham, Dennis Bergkamp, Frank Lampard, Steven Gerrard e Ashley Cole.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados