Inglaterra: Fulham de Marco Silva surpreende Tottenham

16 mar, 21:20
Fulham x Tottenham (Jacques Feeney/Offside/Offside via Getty Images)

«Cottagers» vencem por 3-0 e evitam subida dos londrinos aos lugares de acesso à Liga dos Campeões

Este sábado ficou marcado pelo adiamento de alguns jogos da Liga Inglesa, devido aos compromissos na «FA Cup», mas ainda assim, seis equipas foram a jogo. Uma delas foi o Fulham, de Marco Silva, que surpreendeu, em casa, o Tottenham com uma vitória confortável, por 3-0.

Em destaque, esteve o novo «menino bonito» dos londrinos, Rodrigo Muniz, que abriu o ativo aos 42 minutos. Num lance construído pelo lado esquerdo, o avançado brasileiro surgiu ao segundo poste e rematou rasteiro, para o fundo da baliza.

Já no segundo tempo, o Fulham voltou a entrar melhor e com tremenda eficácia ampliou a vantagem para 2-0. Iwobi fez o que quis no ataque do Fulham e após cruzamento de Castagne, Sasa Lukic desviou a bola fora do alcance do guarda-redes. 

Aos 61 minutos, os «cottagers» deram a machadada final num Tottenham que nunca conseguiu aproveitar verdadeiramente as oportunidades que foi criando. Na sequência de um pontapé de canto, Rodrigo Muniz fez o «bis» num lance algo confuso, mas essencial para garantir o triunfo por 3-0 e uma grande surpresa no «Craven Cottage». 

Nos outros jogos deste sábado, o Burnley recebeu e venceu o Brentford, por 2-1 e somou o primeiro triunfo em 2024, para qualquer competição. A formação londrina ficou reduzida a dez jogadores logo aos nove minutos, quando Reguilon viu o cartão vermelho direto e na sequência do lance, Bruun Larsen aplicou o «castigo máximo», da marca dos onze metros. Já no segundo tempo, David Datro Fofana dobrou a vantagem do Burnley, que não se manteve em 2-0 porque aos 83 minutos, Kristoffer Ajer reduziu para os visitantes.

Por fim, o Nottingham Forest, de Nuno Espírito Santo continua numa série negativa de resultados, após empatar a um golo no terreno do Luton. A equipa do técnico português até marcou primeiro, através do veterano, Chris Wood, mas nos minutos finais do segundo tempo, Luke Berry arrumou as esperanças do «Forest», com o golo do empate. 

Este resultado deixa o Nottingham Forest, de Nuno Espírito Santo no 17.º lugar do campeonato, na linha de água e com três pontos de vantagem para o Luton, que se encontra na zona de despromoção, com 22 pontos somados.

Mais Lidas

Patrocinados