Mais de 50 golfinhos encalharam numa praia da Ilha de Lewis, a oeste da Escócia

Agência Lusa , BCE
16 jul, 16:34
British Divers Marine Life Rescue (Jeff J Mitchell/Getty Images)

Muitos dos golfinhos já estavam mortos quando foram encontrados

Pelo menos 55 golfinhos-piloto deram à costa numa praia da Ilha de Lewis e Harris, a oeste da Escócia, a maioria dos quais mortos, informaram as equipas de salvamento.

De acordo com a organização British Divers Marine Life Rescue (BDMLR), apenas 10 destes cetáceos - também conhecidos como golfinhos-piloto ou baleias-piloto devido ao seu comportamento gregário - ainda estão vivos.

As razões para que tenham “encalhado em tão grande número” não são conhecidas, mas é comum estes mamíferos marinhos da família dos golfinhos viajarem em grupos, salienta aquela organização.

Os especialistas da BDMLR deslocaram-se ao local para tratar os cetáceos.

No entanto, tiveram de apelar às pessoas para evitarem a área, cuja localização exata não foi revelada até “a situação estar resolvida”.

“Para dar aos golfinhos-piloto a melhor hipótese de sobrevivência, por favor evitem a área”, apelou também a polícia escocesa.

Relacionados

Europa

Mais Europa

Patrocinados