Atriz Gina Lollobrigida vai concorrer às eleições em Itália aos 95 anos

16 ago, 10:11
Gina Lollobrigida (Getty Images)

"Lutarei para que o povo decida, da saúde à justiça. A Itália está em má forma, quero fazer algo diferente, algo positivo", diz

Aos 95 anos, a lenda do cinema italiano Gina Lollobrigida revelou que se prepara para concorrer às eleições italianas, que acontecem já a 25 de setembro, por estar "farta de políticos conflituosos".

"Lutarei para que o povo decida, da saúde à justiça. A Itália está em má forma, quero fazer algo diferente, algo positivo", diz Lollobrigida, que adianta querer esforçar-se para se tornar senadora pelo partido Itália Soberana e Popular (ISP), uma nova aliança política eurocética e anti-Mario-Draghi, que se opõe ao envio de armas para a Ucrânia.

Ao Corriere della Sera, a atriz diz que Mahatma Gandhi é a sua maior inspiração pela forma como viu a vida e revela ainda que foi "uma grande amiga" da primeira-ministra indiana, Indira Gandhi. “Era uma mulher extraordinária", conta, adiantando ainda que está "determinada a permanecer criativa" e que agora vai poder usar um pouco dessa energia para "coisas importantes, especialmente para o país".

Os partidos têm até dia 22 de agosto para registar suas listas de candidatos. A última vez que Lollobrigida tinha tentado entrar na política foi em 1999, momento em que concorreu às eleições parlamentares europeias como candidata dos democratas de Romano Prodi. 

Recorde-se que Gina Lollobrigida ficou conhecida através dos filmes "O Corcunda de Notre Dame" e "Salomão e a Rainha de Sabá", tendo sido considerada uma das melhores atrizes da sua era.

Europa

Mais Europa

Patrocinados