Preço da banda larga em Portugal é o segundo mais caro da UE

24 nov, 14:12
Falta de Internet é barreira para ensino online
Falta de Internet é barreira para ensino online

Portugal é o segundo país da UE que pratica os preços mais caros de banda larga entre os pares da União Europeia, apenas atrás do Chipre

PUB

Os preços da banda larga em Portugal são os segundos mais altos da União Europeia (UE), de acordo com um estudo publicado pela Comissão Europeia, nesta quarta-feira.

Segundo o Digital Economy and Society Index 2021, os preços praticados em Portugal são apenas superados pelos do Chipre.

PUB

No ano passado, Portugal encontrava-se na 26.ª posição da tabela dos 27 Estados-membros, tendo caído duas posições face ao ano anterior, em que ocupava o 24º lugar, no ranking que coloca os mais baratos no cimo e os mais caros no fundo. 

No caso das ofertas isoladas de banda larga móvel, os preços praticados em Portugal encontravam-se entre 27% e 115% acima da média da UE, consoante o "plafond" de tráfego. 

Se comparados com os preços mais baixos da UE, os preços praticados em Portugal são 5 a 7 vezes superiores.

Por exemplo, a oferta mais barata de 1 GB ("gigabyte") de dados móveis existente na UE é de 1,94 euros e custa em Portugal 15,2 euros. E a oferta mais barata de 20 GB de dados móveis existente na UE é de 3,95 euros e custa em Portugal 24,33 euros.  

PUB
PUB
PUB

Os preços considerados para efeitos do cálculo foram recolhidos e calculados no âmbito de um estudo promovido pela Comissão Europeia e designado “Mobile and Fixed Broadband Prices in Europe 2020" e, no caso de Portugal, foram consideradas as ofertas da MEO, NOS e Vodafone, de acordo com o comunicado.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.

Economia

Mais Economia