Lançamentos com o pé e mais: as novas regras estudadas pela FIFA

17 jul 2021, 13:40
FIFA (Reuters)

Organismo que gere o futebol está a testar alterações às regras convencionais do desporto

A FIFA pretende revolucionar o futebol e, assim, mudar algumas das regras convencionais do futebol. Para isso, a federação internacional da modalidade já começou a primeira fase de testes a várias novidades no jogo durante o Future of Football Cup, um torneio de camadas jovens realizado nos Países Baixos, no qual participam PSV, AZ Alkmaar, RB Leipzig e Club Brugge.

O organismo que gere o futebol tem em cima da mesa cinco novas medidas. A primeira passa pela alteração do tempo de jogo, reduzindo-o de 45 para 30 minutos cada parte, e em caso de interrupção durante o jogo, o relógio será parado, ao estilo do futsal e do basquetebol, garantindo que se jogará o tempo de jogo certo.

Com a pandemia, a FIFA autorizou os clubes a realizarem cinco substituições por jogo, mas agora quer ir mais longe e coloca a possibilidade de se fazerem substituições ilimitadas. Há ainda a hipótese de os lançamentos de linha lateral passarem a ser feitos com o pé, de forma a criar mais situações de perigo durante o jogo, e que se deixe de ser obrigatório passar a bola a um colega em lançamentos, cantos e pontapés de baliza, podendo os jogadores sair a jogar quando se retoma o jogo. 

Por último, a FIFA quer transformar o cartão amarelo numa suspensão em jogo de cinco minutos, o que significa que os jogadores punidos ficam fora do campo e deixam a própria equipa em desvantagem numérica temporariamente. 

No final do torneio de juniores, que arrancou nesta semana, a FIFA vai avaliar o impacto das novas alterações e vai considerar se as mesmas devem ou não ser proposta ao International Football Association Board, órgão que regulamenta as regras do futebol.

Veja o PSV - Club Brugge para perceber as novas regras.

Mais Lidas

Patrocinados