Fórmula 1: Hamilton bate Verstappen por três milésimas e garante “pole”

22 jul 2023, 16:20
Fórmula 1: Lewis Hamilton na qualificação para o GP da Hungria (AP/Denes Erdos)

Piloto britânico da Mercedes parte à frente no GP da Hungria

O piloto britânico Lewis Hamilton (Mercedes) garantiu, este sábado, a “pole position” para o GP da Hungria, ao bater o neerlandês Max Verstappen (Red Bull) por apenas três milésimas de segundo.

Hamilton garantiu o primeiro lugar com o tempo de 1:16.609 minutos, seguido de Verstappen, que também parte da primeira linha da grelha na corrida de domingo. Em terceiro lugar ficou Lando Norris, a 85 milésimas de Hamilton.

Esta é a 104.ª “pole” da carreira para Hamilton, a primeira desde o Grande Prémio da Arábia Saudita, em 2021.

O top-10 é fechado com Oscar Piastri (McLaren), Guanyu Zhou (Alfa Romeo), Charles Leclerc (Ferrari), Valtteri Bottas (Alfa Romeo), Fernando Alonso (Aston Martin), Sergio Pérez (Red Bull) e Nico Hulkenberg (Haas).

Na segunda metade, surgem Carlos Sainz (Ferrari), Esteban Ocon (Alpine), Daniel Ricciardo (AlphaTauri), Lance Stroll (Aston Martin), Pierre Gasly (Alpine), Alexander Albon (Williams), Yuki Tsunoda (AlphaTauri), George Russell (Mercedes), Kevin Magnussen (Haas) e Logan Sargeant (Williams).

A qualificação no circuito Hungaroring ficou marcada pelo teste de uma nova regra de pneus, com a utilização exclusiva de duros na Q1 (C3), médios na Q2 (C4) e macios na Q3 (C5). O mesmo vai acontecer no Grande Prémio de Itália, no início de setembro, em Monza.

Hamilton interrompeu assim, a 11.ª prova do Mundial desta época, a sequência de cinco poles de Verstappen, piloto que, em 2023, tem sete de 11 “poles”. Sergio Pérez tem duas e Hamilton iguala Charles Leclerc com uma. Além disso, fez história ao tornar-se o primeiro piloto com mais "poles" num só circuito: chega às nove em solo magiar.

A corrida está agendada para as 14 horas de domingo.

O dia ficou ainda marcado pelo anúncio de que o GP da Hungria vai manter-se no calendário da Fórmula 1 pelo menos até 2032. A anterior ligação era até 2027.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados