Putellas solidária com a «revolta» na seleção feminina espanhola

23 set, 19:47
ALEXIA PUTELLAS (getty)

Grupo de quinze jogadoras recusa voltar a jogar sob o comando do selecionador Jorge Vilda

Alexia Putellas, Bola de Ouro de 2021 e estrela do Barcelona, manifestou total solidariedade com o grupo de quinze jogadoras, a maioria do Barça, que renunciou à seleção espanhola por não concordar com os métodos utilizados pelo selecionador espanhol, Jorge Vilda.

A federação espanhola, como se sabe, reagiu com dureza, reforçando o apoio ao contestado selecionador e anunciando que as jogadoras contestatárias «não voltarão a jogar pela seleção a não ser que assumam o erro e peçam desculpa».

Putellas, atualmente a recuperar de lesão, portanto afastada da seleção, manteve-se, numa fase inicial, em silêncio, mas agora juntou a sua voz ao grupo contestatário, partilhando o comunicado publicado pelas internacionais espanholas, que pretenderam clarificar a sua posição.

Elas «lamentam», acima de tudo, que a Federação espanhola tenha «tornado pública, de forma parcial e interessada, uma comunicação privada, com informações que afetam a saúde». Além disso, as jogadoras garantem que de forma alguma tenham renunciado à seleção espanhola. «É por isso que no nosso comunicado enviado à RFEF pedimos para não sermos convocadas até que sejam resolvidas as situações que afetam nosso estado emocional e pessoal, o nosso desempenho e, consequentemente, os resultados da seleção», explicam as jogadoras.

As jogadoras fecham o comunicado de forma contundente. «Não vamos tolerar o tom infantil com o qual a RFEF conclui o seu comunicado».

Se a federação exige «um firme compromisso com o projeto profissional» para «obter o melhor desempenho», as internacionais negam ter pedido a demissão do treinador. «Entendemos que nosso trabalho não é de forma alguma escolher tal cargo, mas expressar de forma construtiva e honesta o que achamos que pode melhorar o desempenho do grupo», acrescentam ainda as jogadoras espanholas que refutam qualquer ideia de «capricho» ou de «chantagem».

Relacionados

Patrocinados