Banco de Fomento apoiou 1.600 empresas com mais de 600 milhões

Agência Lusa , JGR
25 ago, 13:34
Terminal de Sines

A entidade atribuiu 556 milhões de euros em financiamento garantido e 44,7 milhões de euros em coinvestimento em empresas, recorrendo a instrumentos de capitalização

O Banco Português de Fomento (BPF) apoiou 1.600 empresas portuguesas com 600,7 milhões de euros no primeiro semestre do ano, através de financiamento garantido e de coinvestimento, foi hoje anunciado.

De acordo com o balanço operacional do BPF, hoje divulgado, a entidade atribuiu 556 milhões de euros em financiamento garantido e 44,7 milhões de euros em coinvestimento em empresas, recorrendo a instrumentos de capitalização.

O BPF explica que mobilizou, através de linhas com garantia pública, 379 milhões de euros em garantias emitidas e que “os efeitos multiplicadores deste produto demonstram que a afetação de fundos públicos possibilitou, ao longo deste semestre, apoiar o acesso a financiamento de 556 milhões de euros a aproximadamente 1.600 empresas”.

A entidade contava com 15 instrumentos de garantia ativos em 30 de junho deste ano, sendo que o primeiro semestre contabilizava uma carteira de garantias em vigor de aproximadamente 9.085 milhões de euros, beneficiando mais de 84.700 empresas.

O BPF contava ainda com 16 programas de investimento ativos no final do primeiro semestre, tendo aprovado 39 operações de capitalização em 38 empresas.

Este investimento totaliza 67,7 milhões de euros, dos quais 44,7 milhões de euros foram alocados pelo BPF, e a instituição espera que se traduza num “apoio à criação ou manutenção de mais de mil postos de trabalho”.

No seu balanço do primeiro semestre do ano, o BPF destacou o lançamento de três novos programas de investimento, destacando os programas de Recapitalização Estratégica e Consolidar, que acumulam “uma dotação de 650 milhões de euros e que visam a capitalização das empresas portuguesas” através do investimento ou coinvestimento direto em empresas ou de parcerias com sociedades de capital de risco.

Desde que iniciou operações, no final de 2020, e até ao final do primeiro semestre deste ano, o BPF diz ter apoiado 46 empresas através de 49 operações de financiamento na tipologia de instrumentos de dívida.

Estes apoios totalizaram 74,9 milhões de euros de financiamento aprovado e, de acordo com o BPF, contribuíram para a criação e manutenção de mais de 860 postos de trabalho.

O BPF aponta ainda que estão “em fase de operacionalização” dois novos instrumentos – relacionados com a economia social ou de pequenos negócios – com uma dotação de 350 milhões de euros por parte do banco, esperando-se que “possam vir a ter um impacto na economia de cerca de 700 milhões de euros”.

Economia

Mais Economia

Patrocinados