"Ela não devia ter batido na minha mãe." Menina de 10 anos detida por disparar mortalmente contra mulher que discutia com a mãe

CNN , Amanda Musa
9 jun, 16:00
Armas à venda nos Estados Unidos (Seth Perlman/AP)

Na terça-feira, uma menina de 10 anos foi detida, depois de as autoridades dizerem que atingiu mortalmente uma mulher que estava a discutir com a mãe, de acordo com o Departamento de Polícia de Orlando.

A criança foi colocada sob custódia do Departamento de Crianças e Famílias da Florida, de acordo com a polícia.

Num comunicado após o tiroteio, a procuradora-geral dos Condados de Orange e Osceola, Monique H. Worrell, disse que o seu gabinete começou a analisar o caso e vai "considerar todos os factos, incluindo a idade da criança, e todas as circunstâncias inerentes, para tomar uma decisão quanto à acusação".

"Queremos ser claros ao afirmar que não foi tomada nenhuma decisão quanto à acusação por parte do nosso gabinete", refere o comunicado da procuradora, acrescentando que o incidente foi "um dos casos mais trágicos que vi nos meus 22 anos de carreira".

A mãe da criança também está detida, de acordo com a polícia de Orlando.

Testemunhas disseram à polícia que o tiroteio ocorreu na noite de 30 de maio, quando a mãe da criança e a vítima, Lashun Denise Rodgers, de 41 anos, começaram a discutir à porta de um edifício de apartamentos, de acordo com um relatório de detenção.

A criança estava com a mãe na altura da discussão, segundo o relatório de detenção, que citava testemunhas.

A mãe terá alegadamente iniciado uma altercação física ao dar um murro a Rodgers, que retaliou com um murro nas costas, diz o relatório da prisão, citando o namorado de Rodgers como testemunha.

O namorado disse às autoridades que tentou acabar com a luta, mas a vítima tentou "voltar a envolver-se" com a mãe, de acordo com o relatório. Depois, alegadamente, viu a criança a segurar uma arma de fogo preta antes de disparar "um a dois tiros" em Rodgers, revela um relatório de detenção. A criança alegadamente gritou "ela não devia ter batido na minha mãe", disse o namorado à polícia.

Rodgers foi levada para o Centro Médico Regional de Orlando, onde mais tarde morreu, de acordo com a porta-voz da polícia, Heidi Rodriguez.

A mãe da menina foi detida e a criança ficou sob a custódia do Departamento de Crianças e Famílias da Florida, informou a polícia.

A CNN contactou o advogado da mãe da criança, mas não obteve resposta. A CNN não conseguiu obter informações de advogados para a criança envolvida.

A polícia disse que a investigação está em curso.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados