Saiba tudo sobre o Euro aqui

Ciberataques: Direção-Geral da Saúde foi alvo de ataque mas 'site' está funcional

Agência Lusa , PP
28 jan 2023, 23:51
Hacker

DGS refere que "contactou o Centro Nacional de Cibersegurança, que está a avaliar e a acompanhar a situação, por forma a serem tomadas medidas para mitigar o impacto deste ataque"

A Direção-Geral da Saúde (DGS) informou hoje que o seu 'site' foi alvo de um ciberataque que impediu o acesso aos dados e serviços, mas pelas 23:00 "estava funcional" e o Centro Nacional de Cibersegurança (CNCS) já foi contactado.

“A Direção-Geral da Saúde informa que a sua página oficial - www.dgs.pt - foi alvo de um ciberataque que impediu o acesso aos dados e serviços habitualmente disponíveis”, lê-se numa nota da DGS.

Na mesma nota, enviada à noite, a DGS indicava que o 'site' já estava operacional.

A Direção-Geral da Saúde refere ainda que "contactou o Centro Nacional de Cibersegurança, que está a avaliar e a acompanhar a situação, por forma a serem tomadas medidas para mitigar o impacto deste ataque".

Esta informação, acrescenta a DGS, "será atualizada sempre que pertinente".

O jornal Expresso noticiou este sábado que os endereços de Internet da DGS e da Faculdade de Farmácia da Universidade de Lisboa "encontravam-se inoperacionais desde, pelo menos, o início da tarde de sábado, na sequência de um ataque de um grupo de ciberativistas russos".

"No circuito de contra e ciberespionagem circularam indícios de que o grupo Killnet, que costuma ser apontado como um braço de operacional e propagandístico do governo russo no submundo digital, lançou um repto para um ciberataque de congestionamento de redes contra instituições médicas de vários países que têm alinhado com a posição ucraniana – entre eles Portugal", escreveu hoje o Expresso.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados