Mais de 30 crianças mortas e quase 46 mil infetados em surto de dengue no Peru

Agência Lusa , DCT
17 jun 2023, 08:18
Dengue no Peru (AP Photo/Martin Mejia)

Desde o início do ano, foram registados mais de 150.290 casos de dengue no país. Em 2017, o número total de casos foi de 74 mil.

Uma organização não-governamental (ONG) indicou que pelo menos 31 crianças e adolescentes morreram no Peru e 45.900 foram infetados com dengue, num dos piores surtos da doença em mais de uma década.

Crianças e adolescentes representam mais de 30% de todos os casos no último surto de dengue no Peru, grupos etários "especialmente vulneráveis à doença por terem um sistema imunitário mais fraco que os adultos e brincar ao ar livre, onde há menos proteção contra os mosquitos", notou a ONG Save the Children, em comunicado.

Desde o início do ano, foram registados mais de 150.290 casos de dengue no país. Em 2017, o número total de casos foi de 74 mil.

Este surto está a afetar 18 das 24 regiões do país, levando as autoridades sanitárias a declararem o estado de emergência, dado que o número de vítimas mortais eleva-se já a 252 no Peru.

Estes números mostram "a elevada vulnerabilidade da infância e a necessidade de reforçar as medidas de prevenção e controlo da dengue", indicou ONG.

A dengue é comum nas zonas tropicais do mundo e os surtos ocorrem durante a estação das chuvas.

As condições climáticas do Peru, com temperaturas elevadas e chuvas fortes, intensificadas com o ciclone Yaku, criam o ambiente ideal para a reprodução do mosquito transmissor do vírus.

Febre, sonolência, falta de energia, irritabilidade, erupções cutâneas, vómitos e hemorragias são alguns dos sintomas mais comuns da doença, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

Mundo

Mais Mundo

Mais Lidas

Patrocinados