Défice do ano passado revisto em alta de uma décima para 2,9%

Agência Lusa , AM
23 set, 11:41
Dinheiro

Anterior estimativa do organismo de estatística apontava para um défice de 2,8%

O défice das administrações públicas de 2021 foi revisto em alta de uma décima para 2,9% do PIB, de acordo com a segunda notificação do Procedimento dos Défices Excessivos (PDE) publicada esta sexta-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

“De acordo com os resultados provisórios obtidos neste exercício, o saldo das Administrações Públicas (AP) atingiu -6.215,5 milhões de euros em 2021, o que correspondeu a -2,9% do PIB (-5,8% em 2020)”, refere o relatório do INE.

A anterior estimativa do organismo de estatística apontava para um défice de 2,8% no ano passado.

O INE indica ainda que a dívida bruta das AP terá diminuído para 125,5% do PIB em 2021, o que compara com os 134,9% do ano anterior.

Economia

Mais Economia

Patrocinados