Saiba tudo sobre o Euro aqui

MP recusa esclarecer se António Costa já é alvo de inquérito-crime

8 nov 2023, 17:50
António Costa no debate quinzenal (LUSA/ANTÓNIO COTRIM)

Investigação fica nas mãos do Supremo Tribunal de Justiça

A Procuradoria-Geral da República (PGR) recusa confirmar se António Costa já está a ser investigado pelo Supremo Tribunal de Justiça no âmbito do processo sobre os negócios de hidrogénio, lítio e centro de dados e que envolve vários elementos do PS.  

À CNN Portugal, fonte da PGR refere que “não há nada a acrescenta à informação constante na nota” enviada pelo Ministério Público onde é envolvido o nome do primeiro-ministro demissionário. Naquela nota, o MP explica que “no decurso das investigações surgiu, além do mais, o conhecimento da invocação por suspeitos do nome e da autoridade do Primeiro-Ministro e da sua intervenção para desbloquear procedimentos” e revela que “tais referências serão autonomamente analisadas no âmbito de inquérito instaurado no Supremo Tribunal de Justiça, por ser esse o foro competente”.

No entanto, em PGR nem Supremo esclarecem qual é a situação atual relativa a António Costa, isto é, se já foi aberto ou não um processo-crime. Confrontada pela CNN Portugal com a questão, fonte oficial do Supremo Tribunal de Justiça alegou que essa questão é da competência do MP, sendo este que tem de confirmar ou não a abertura do processo.

Já o MP recusa esclarecer se António Costa já estão sob investigação formal. A investigação ao líder do Executivo terá tido início em 2021e tendo na sua origem numa  escuta telefónica entre António Costa e Matos Fernandes, então ministro do Ambiente, verificada pelo o juiz António Joaquim Piçarra, presidente deste tribunal.

Relacionados

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Lidas

Patrocinados