EUA: cinco estados republicanos alargam subsídio de desemprego a não vacinados

CNN Portugal , MJC
28 dez 2021, 01:30
EUA
EUA

Há cada vez mais empresas americanas que exigem que os seus funcionários estejam vacinados contra a covid-19. Mas alguns governos republicados garantem subsídios a quem for despedido por causa da vacina

PUB

Cinco estados norte-americanos liderados pelo Partido Republicano decidiram estender o subsídio de desemprego aos trabalhadores que percam o emprego por não estarem vacinados.

Neste momento, várias empresas americanas estão a exigir que os seus funcionários tomem a vacina contra a covid-19, ameaçando com despedimento aqueles que se recusarem a ser imunizados.

PUB

Nos Estados Unidos, os trabalhadores que pedem a demissão ou são demitidos por justa causa geralmente não têm direito a qualquer apoio. Mas os estados de Arkansas, Flórida, Iowa, Kansas e Tennessee criaram exceções para aqueles que sejam despedidos por não quererem levar a vacina contra a covid-19. Segundo o Washington Post, os estados de Wyoming, Wisconsin e Missouri ponderam adotar uma política semelhante.

Os especialistas em saúde pública estão preocupados com esta legislação que não só estimula o movimento anti-vacinas, colocando em causa a imunidade da população, como é uma forma de boicotar a resposta da Casa Branca à pandemia.

PUB
PUB
PUB

Muitos deste políticos republicanos defendem que os americanos devem ser capazes de decidir se querem ou não vacinados. O presidente do Senado do Kansas, Ty Masterson, por exemplo, critica a vacinação desde o início e, em julho, chegou a escrever no Twitter: "A população do Kansas deixou claro que prefere a liberdade ao faucismo" - uma brincadeira com o nome do maior especialista em doenças infecciosas do país, Anthony S. Fauci, a quem estes ativistas anti-vacinas acusam de fascismo por querer tornar as vacinas obrigatórias.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados