Tour de 2024 vai partir de Itália pela primeira vez na história

21 dez 2022, 18:53
Wout van Aert vence 7.ª etapa da Volta a França (Benoit Tessier/EPA)

Decisão pretende pôr fim àquilo que a organização diz ser uma «incongruência» e assinalar a primeira vitória de um italiano na «Grande Boucle»

Dinamarca, Bélgica, Alemanha, Países Baixos e Reino Unido. Nos últimos anos, a Volta a França começou várias vezes foram do país que lhe dá nome e nos próximos anos esta espécie de tradição dos tempos modernos é para manter.

Já se sabia que em 2023 o Tour vai partir de Bilbao, em Espanha, e nesta quarta-feira ficou a saber que a edição de 2024 da «Grande Boucle» vai começar pela primeira vez em Itália: concretamente, em Florença.

«O Tour partiu de todos os países que fazem fronteira com a França. Até já partiu seis vezes dos Países Baixos, que não têm fronteira connosco, porém nunca começou em Itália. Há uma espécie de incongruência que vai desaparecer», justificou o diretor da prova, Christian Prudhomme.

Ao todo, serão três as tiradas em Itália para lançar uma edição que também vai terminar num local atípico: excecionalmente, devido aos preparativos para os Jogos Olímpicos de Paris, o Tour irá terminar em Nice em vez do Campos Elísios.

A primeira etapa vai ligar Florença a Rimini, a segunda Cesenatico a Bolonha e a terceira Plaisance a Turim: a quarta, ainda por anunciar, também partir em Itália, mas passará a fronteira com França.

A inclusão de Itália no Tour pretende assinalar o centenário da primeira vitória transalpina na prova, por Ottavio Tottecchia.

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados