Champions: cabeça de Otávio e pés de Cristiano a caminho dos «quartos»

21 fev, 20:01

Al Nassr voltou a vencer o Al Fayhad com golos portugueses

O Al Nassr está nos quartos de final da Liga dos Campeões asiática depois de deixar o «vizinho» Al Fayha pelo caminho com novo triunfo na segunda mão, desta vez por 2-0, com Otávio a abrir caminho para uma vitória tranquila da equipa de Luís Castro que já sabe que, na próxima fase, vai ter de viajar até aos Emirados Árabes Unidos para defrontar o Al Ain comandado por Hernan Crespo. A fechar o jogo, Cristiano Ronaldo, que já tinha marcado na primeira mão, fixou o resultado final com o seu segundo golo na eliminatória.

Confira o FILME DO JOGO

Um jogo de sentido no único no Al-Awwal Park com a equipa da casa a partir com a vantagem do golo que Cristiano Ronaldo marcou, há uma semana, no estádio do Al Fayha que veio, agora, a casa do vizinho apenas com o intuito de não consentir muitos golos. No primeiro jogo Luís Castro prescindiu de Sadio mané, devido ao limite de estrangeiros, mas desta vez o «sacrificado» foi Anderson Talisca, com o avançado senegalês a juntar-se à frente alargada do ataque do Al Nassr, com Otávio, Brozovic, Sadio Mané, Ayman Yahya e Cristiano Ronaldo.

Mal começou o jogo, o Al Nassr montou o cerco à baliza de Stojkovic, antigo guarda-redes do Sporting, com o Al Fayha a responder apenas com pontapés longos, procurando apenas manter a bola longe da sua área. Com Otávio a cair sobre a direita e Ronaldo no lado contrário, o Al Nassr atacava com uma frente alargada, à procura de brechas na bem fechada defesa do Al Fayhad, mas foi pelo corredor central que surgiu o primeiro golo, aos 17 minutos, na sequência de um passe longo de Al Khabaria, com Otávio a destacar-se na área e a marcar de cabeça sem tirar os pés do chão.

O Al Nassr voltou a entrar forte na segunda parte, com Cristiano Ronaldo bem mais ativo. O internacional português chegou mesmo a festejar um golo, depois de contornar Stojkovic, mas a bandeirola estava levantada e não valeu.

O jogo prosseguiu com um ritmo muito baixo, com o Al Nassr com uma elevada posse de bola e o Al Fayhad pouco interessado em entrar na discussão pelo resultado. Os visitantes continuaram apenas empenhados em perder por poucos e voltaram a ter apenas mais uma oportunidade, novamente por Fashion Sakala.

Uma segunda parte ainda mais morna do que a primeira, apenas com dois remates, um de Cristiano Ronaldo e outro de Sadio Mané. A verdade é que era o Al Fayhad que tinha de fazer pela vida e não o fez e, mesmo a fechar o jogo, foi Cristiano Ronaldo que voltou a marcar, na sequência de um erro tremendo de Stojkovic que, na sequência de uma bola longa, chegou primeiro, mas atrapalhou-se e deixou o português sozinho, para atirar para a baliza deserta. Estava sentenciada a eliminatória.

Com duas vitórias sobre o Al Fayhad (1-0 e 2-0), o Al Nassr segue para os quartos de final da Champions asiática onde irá defrontar o Al Ain, do Emirados Árabes Unidos, que, nos oitavos, deixaram pelo caminho os uzbeques do Nasaf Qarshi.

Mais Lidas

Patrocinados