Curta portuguesa “Um Caroço de Abacate” é candidata às nomeações para os Óscares

Agência Lusa , PF
21 dez 2023, 20:14
Óscares

A curta foi realizada por Ary Zara e é protagonizada pela atriz trans Gaya de Medeiros e pelo ator Ivo Canelas

A curta-metragem portuguesa “Um Caroço de Abacate”, do realizador Ary Zara, é candidata às nomeações para os Óscares 2024, anunciou hoje a Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. 

A curta protagonizada pela atriz trans Gaya de Medeiros e pelo ator Ivo Canelas foi incluída na ‘shortlist’ dos títulos que poderão ser nomeados para os prémios da Academia, na categoria de Melhor Curta-Metragem (Live Action Short Film, na designação em inglês). 

Produzida pela lisboeta Take it Easy, a curta venceu o prémio de melhor filme queer do Festival Internacional de Curta-Metragem de Clermont-Ferrand (França), em fevereiro. 

Na semana passada, soube-se que o ator trans Elliot Page, em conjunto com Matt Jordan Smith e Tuck Dowrey da sua produtora Pageboy Productions, tornaram-se produtores executivos da curta.

A história centra-se no encontro entre "Larissa, uma mulher trans e Cláudio, um homem cis", numa noite em Lisboa, como refere a sinopse, tendo produção de Andreia Nunes e Frederico Serra. 

Ary Zara disse, por altura deste prémio, que o filme é "uma história muito simples, livre de violência e de morte, e a pensar em novas possibilidades para pessoas trans”.

Na ‘shortlist’ constam mais 14 produções, incluindo o filme de Pedro Almodóvar “Strange Way of Life”, que tem o português José Condessa no elenco. A decisão sobre quais serão nomeadas para os Óscares será revelada em janeiro, com a cerimónia marcada para 10 de março de 2024. 

Outro filme com participação portuguesa que chegou a uma das 10 ‘shortlists' anunciadas hoje’ é “Pobres Criaturas”, de Yorgos Lanthimos, que inclui o fado de Carminho “O Quarto”. 

O filme tem uma boa porção da ação em Lisboa e foi incluído na ‘shortlist’ de Melhor Banda Sonora, além de Melhores Efeitos Visuais e Melhor Caracterização.

Fora desta lista votada pelos membros da Academia ficou o candidato de Portugal a Melhor Filme Internacional, “Mal Viver”, do realizador João Canijo. 

Na edição 2023 dos Óscares houve pela primeira vez uma produção portuguesa nomeada, na categoria de Melhor Curta-Metragem de Animação: “Ice Merchants”, de João Gonzalez e Bruno Caetano. 

A lista definitiva de nomeados será revelada a 23 de janeiro de 2024, para aquela que será a 96ª edição dos prémios da Academia. 

Artes

Mais Artes

Patrocinados