Saiba tudo sobre o Euro aqui

Schmidt: «Não viemos a Marselha para defender, o objetivo é marcar»

17 abr, 18:49

Treinador do Benfica antevê momentos de pressão, mas confia na organização, velocidade e eficácia dos seus jogadores

Roger Schmidt, treinador do Benfica, lançou os dados para a partida decisiva frente ao Marselha, no Vélodrome, agendada para a noite desta quinta-feira (20h). Questionado sobre a abordagem a adotar para o duelo, o treinador alemão recusou uma postura defensiva.

«Sabemos que se não sofrermos golos seguiremos em prova, mas não viemos a Marselha para defender. Se jogarmos o nosso futebol, se formos corajosos, então seguiremos em frente. Devemos jogar ao ataque, até porque temos qualidade para marcar golos», começou por dizer, esta quarta-feira, em conferência de imprensa.

Em todo o caso, alertou Schmidt, as águias deverão estar atentas a «cada momento».

«Devemos estar preparados para aquilo que será o desenrolar do encontro, porque nunca sabemos o que se sucederá. Nos últimos dois jogos fora de casa, na Liga Europa, não sofremos qualquer golo e estivemos muito bem na defesa. Mas, o nosso objetivo é marcar. Em alguns momentos estaremos sob pressão e teremos de apostar nas transições. Mas, no fim, será decisivo manter o equilíbrio e saber gerir os momentos do jogo», explanou.

O Benfica guarda vantagem na eliminatória, de 2-1, graças aos golos de Rafa e Di María. Esta quinta-feira, os campeões nacionais tentarão regressar a uma meia-final da Liga Europa, algo que não acontece há 10 anos. A partida no Vélodrome é para acompanhar, ao minuto, no Maisfutebol.

Relacionados

Benfica

Mais Benfica

Patrocinados