Atletismo: Marius Kimutai suspenso por três anos devido ao uso de doping

15 abr, 17:00
Maratonista Marius Kimutai (MARCO DE SWART/AFP)

Maratonista de 31 anos terá utilizado EPO (eritropoietina)

Marius Kimutai, maratonista nascido no Quénia e atualmente a representar o Bahrein, foi esta segunda-feira suspenso por três anos devido ao uso de doping.

A Unidade de Integridade do Atletismo anunciou que a substância proibida utilizada terá sido EPO (eritropoietina), com o controlo  realizado a 2 de fevereiro de 2024, ao sangue e à urina, no Quénia.

«A 10 de abril de 2024, o atleta devolveu assinado um formulário de admissão de violações das regras antidopagem e aceitação de consequências, admitindo as violações das regras antidoping, e aceitou o período de inelegibilidade declarado», informou a World Athletics, relativamente a Kimutai, vencedor da Maratona de Barcelona em 2023 e de Roterdão em 2017.

De referir que o castigo vai começar a 28 de março e os resultados que alcançou depois de 2 de fevereiro perdem o efeito.

 

Relacionados

Mais Lidas

Patrocinados