"Ucrânia está numa fase em que a ofensiva russa se está a intensificar", por isso a ajuda do Ocidente tem de ser mais "efetiva, permanente e coordenada"

22 jan, 12:57

O presidente da Ucrânia tem insistido nos pedidos de mais armamento e mais carros de combate. José Palmeira, professor de Relações Internacionais na Universidade do Minho, entendeu que a ajuda do Ocidente deveria ser "efetiva, permanente e coordenada". 

Questionado sobre o finca-pé que a Alemanha tem feito, nomeadamente no envio de Leopard 2, o especialista disse "que não sabemos as razões que a Alemanha alega para não ser mais efetiva", a não ser que "não querem o aumento da escalada". 

Europa

Mais Europa

Patrocinados