“Queríamos tirar os nossos pais doentes de casa e não conseguíamos”. Como o sismo atingiu a Medina de Marraquexe, um património com mais de mil anos

Jornalista da Editoria de Internacional
9 set 2023, 20:20

Além dos mais de mil mortos, há cerca de 1200 feridos. A maior parte está em estado grave. As maiores perdas humanas e materiais aconteceram nas montanhas do Atlas, no centro do país.  A área onde se situou o epicentro. A cidade mais próxima é Marraquexe, considerada património da humanidade pela UNESCO.

África

Mais África

Patrocinados