"Putin está convencido que se abrir duas novas frentes de combate, vai obrigar o dispositivo ucraniano a dividir esforços e fracassar"

19 out, 10:55

A Rússia anunciou que vai começar a batalha por Kherson e apelou à população que lá reside que saia. 

Na ótica do major-general Isidro Morais Pereira, aquilo que se espera para os próximos dias "é que haja uma ofensiva final para tomar a capital de Kherson e toda a faixa oeste do rio Dniepre por parte das forças ucranianas". 

Para o comentador da CNN Portugal, estes constantes ataques russos que se têm verificado nas últimas semanas, a alvos civis e a estruturas energéticas, devem-se ao facto de Vladimir Putin ter sido pressionado a mostrar resultados no terreno e ainda para pressionar a Ucrânia a sentar-se na mesa de negociações. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados