PSP tem manifestação marcada para hoje, mas garante estar "disponível para negociar com o Governo"

24 nov, 07:50

Paulo Santos, representante da Associação Sindical dos Profissionais da Polícia (ASPP/PSP), considera que "se nada for feito, são as populações que sofrem".

A ASPP/PSP realiza uma manifestação em Lisboa contra o arrastar dos problemas que afetam a PSP e os polícias e contra a “falta de vontade política do Governo para os resolver”.

Entre os problemas constam os baixos salários, o envelhecimento do corpo policial e a sobrecarga de trabalho, que torna a carreira pouco atrativa, falta de efetivos, incapacidade operacional, saúde e pré-aposentação.

País

Mais País

Patrocinados