Saiba tudo sobre o Euro aqui

“Precisamos de acelerar a transição digital em Portugal, de outro modo não conseguimos ser competitivos”

1 abr 2023, 10:15

O economista João Santos considera que Portugal, “por si só”, já não consegue “avançar e tirar proveito dos fatores produtivos” à disposição no país. O “investimento estrageiro” em 2% das empresas é notório, estando estas entidades responsáveis por 18% do emprego nacional criado no país , de 26% do valor acrescentado e mais de 40% das exportações.

Tal como indica a OCDE, o especialista considera que estas empresas que se internacionalizam são fundamentais para Portugal, contribuindo para “modernizar todos os setores da economia nacional, designadamente a indústria transformadora e os serviços”.

No entanto, João Santos é taxativo na hora de dizer que “precisamos de acelerar a transição digital em Portugal, de outro modo não conseguimos ser competitivos”.

Economia

Mais Economia

Mais Vistos

Patrocinados