Partygate: Boris Johnson abalado depois de assessores "baterem com a porta"

4 fev, 15:34

No Reino Unido, a posição política do primeiro-ministro, Boris Johnson, é cada vez mais frágil. Cinco assessores próximos demitiram-se. Em causa está o escândalo das festas realizadas em Downing Street, quando o país estava sob confinamento, mas também acusações falsas de Boris Johnson contra o líder da oposição, criticadas até pelo seu partido. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados