Operação Teia continua a fazer estragos no PS. Presidente da Câmara de Matosinhos constituída arguida

13 nov, 14:13

Depois de várias polémicas em torno do ex-secretário de Estado adjunto do Primeiro-ministro, Miguel Alves, ter optado por renunciar à liderança da Federação do PS de Viana do Castelo por entender que não tem condições políticas suficientes para exercer o mandato.

A “Operação Teia” tem provocado muitos danos no PS. Luísa Salgueiro, presidente da autarquia de Matosinhos, foi também constituída arguida no caso.

Partidos

Mais Partidos

Mais Vistos

Patrocinados