O que se pretende  "é acabar com a Ucrânia e retomar as antigas linhas da URSS"

10 jul, 18:25

Manuela Niza, comentadora da CNN esteve este domingo, em antena, para falar sobre a situação no Sri Lanka, após a invasão do Palácio Presidencial.

De alguma forma, para Manuela Niza, a "Ucrânia é um grande incêndio e depois há focos que estão a acontecer um pouco por todo o lado".

Todavia, lembra que "o mundo está a ficar citiado devido à escassez de alimentos, gás natural e de outras matérias primas" e no caso do Sri Lanka, é um povo que "vive mal, que vive no limiar da pobreza e que se vê confrontada com uma riqueza brutal dos seus dirigentes".

Mas na Argélia, segundo Manuela Niza, vive-se uma situação que pode trazer ainda mais problemas, e que está ligada aos "piplines que levam gás à Europa".

Mas a Ucrânia também não foi esquecida. Para Manuela NIza, o que se pretende  "é acabar com a Ucrânia e retomar as antigas linhas da URSS".

E não tem dúvidas que isto estava "há muito preparado", por Putin, tal como alerta, que este "não vai ficar por aqui. Ele vai continuar até conseguir o máximo que puder".

Europa

Mais Europa

Patrocinados