Novos instrumentos anti-fragmentação: "Permitem introduzir no mercado um conjunto de disciplinas que neste momento parece não existir"

20 jun, 10:50

Mário Centeno comenta as medidas anunciadas para a economia portuguesa, como flexibilidade de compra de dívida e novos insturmentos anti-fragmentação. Mas o que são estes últimos? O presidente do Banco de Portugal passa a explicar: "instrumentos que permitam introduzir no mercado um conjunto de disciplinas de que neste momento parece não existir sempre que os diferenciais das taxas de juro estão para além daquilo que são os fundamentos económicos diferenciais". 

Economia

Mais Economia

Patrocinados