Não tinha atividade de trabalho e o apartamento onde vivia era pago pelo Centro Ismaili: há novas informações sobre Abdul Bashir

30 mar 2023, 20:11

Há novas informações sobre o refugiado afegão que matou duas mulheres no Centro Ismaili.

Ao contrário das primeiras indicações, Abdul Bashir está a ser descrito por várias testemunhas como tendo um temperamento exaltado.

Sem emprego nem rendimentos, demonstrava uma indignação crescente com as burocracias que o envolviam - e dizia ainda estar a ser perseguido por membros do Centro Ismaili.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados