"Não só as medidas são poucas, como provavelmente vão demorar imenso tempo a chegar às empresas". Pedro Braz Teixeira critica o pacote do Governo (e sugere alternativas)

17 set, 00:09

Pedro Braz Teixeira serve-se do exemplo do pacote de 750 milhões de crédito destinado às micro e pequenas empresas, durante a pandemia, e prevê que as novas medidas anunciadas pelo Governo "provavelmente vão demorar imenso tempo" a ser aplicadas, e serão "muito pouco". O economista sugere ainda alternativas que não foram seguidas, como por exemplo o pagamento de dívidas aos fornecedores. "Só o SNS tem de dívidas 2300 milhões de euros, que é quase quatro vezes o valor do crédito que o Governo está a prometer", explica, assegurando que há dinheiro para o fazer. "Até julho, cobrou mais quatro mil milhões de receitas de impostos do que estava orçamentado".

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados