"Não estamos em paz. Estamos novamente na Guerra Fria". A análise de um major-general

28 jun, 15:11

Análise do major-general Isidro Morais Pereira ao anúncio da NATO de reforço das equipas de alta prontidão, que vão passar de 40.000 para mais de 300.000.

Europa

Mais Europa

Patrocinados