"Não aceito ser linchado na praça pública. Não roubei nada a ninguém, não me demito"

Jornalista da editoria de Sociedade
25 jan, 21:57

Miguel Albuquerque não se demite mesmo depois de ter confessado que foi constituído arguido.

O presidente do Governo Regional da Madeira diz que está de “consciência tranquila” e adianta que vai pedir o levantamento da imunidade para se poder defender.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Mais Vistos

Patrocinados