Morte lenta do SEF? Há 200 mil imigrantes "exaustos e esgotados" à espera de resposta

7 nov, 23:41

As razões para esta permissividade ao crime no SEF devem-se, essencialmente, à situação de adiamento constante da anunciada extinção do serviço. 

O Exclusivo falou com inspetores que dizem que a desmotivação é generalizada, e que se não é possível reverter a decisão, o melhor é pôr um ponto final no serviço, já. 
O ministro da Administração Interna garante que o encerramento do SEF não irá acontecer antes do próximo ano, mas não se compromete com datas. 

País

Mais País

Patrocinados