Portugal
Finalizado
2 - 1
Chéquia

Jerónimo Martins e Sonae são as empresas com maior fosso salarial entre quem manda e quem trabalha - gestores recebem 32 vezes mais

29 abr, 21:04

O Jornal ECO revelou os fossos salariais entre gestores e funcionários das 14 empresas portuguesas cotadas na bolsa. O salário médio dos CEO de empresas como a Jerónimo Martins e a Sonae é 32,3 vezes superior ao salário dos trabalhadores. O grupo Amorim é aquele com o menor fosso.

Empresas

Mais Empresas

Mais Vistos

Patrocinados