"Já não é aceitável justificar tudo com o massacre do Hamas", diz Gomes Cravinho

3 fev, 22:03

Os ministros dos negócios estrangeiros da União Europeia reuniram-se este sábado em Bruxelas, para discutir a situação no Médio Oriente, entre outros temas. No final, o ministro João Gomes Cravinho deixou críticas duras a Israel. "A UE não pode ser cúmplice de abusos sistemáticos ao direito internacional". 

Médio Oriente

Mais Médio Oriente

Patrocinados