Hospital de Gaia com muitos "doentes graves", mas também muitas urgências injustificadas

4 jan, 12:06

Os hospitais portugueses começam a sentir uma subida na pressão dos serviços.

É o que acontece no Hospital Santos Silva, em Vila Nova de Gaia, onde a afluência está "dentro do esperado", com uma "enorme afluência".

O diretor do serviço, José Ribeiro Almeida, relata vários casos graves, mas também muitas idas às urgências que não se justificam. Numa média de 400 doentes por dia, cerca de um terço "não deviam estar no hospital".

Covid-19

Mais Covid-19

Patrocinados