Homicídio no Porto. Pai do principal suspeito teme pela segurança do filho e da família

17 mai, 14:02

Marco Gonçalves entregou-se esta segunda-feira na Polícia Judiciária, mas ainda não foi notificado pelo Ministério Público para se apresentar em tribunal.

Apresentou-se voluntariamente como resposta à mediatização do homicídio de Igor Silva nos festejos do Porto e por temer pela segurança do filho e da família. A TVI, do mesmo grupo da CNN, falou com a advogada de Marco, Poliana Ribeiro.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados