Homem detido pela morte da mulher foi libertado por atraso do Ministério Público

Amílcar Matos
8 jul, 15:06

Um homem indiciado pela morte da mulher em Beja foi libertado após o Ministério Público não ter promovido a acusação nos seis meses após a detenção.

 

 

País

Mais País

Patrocinados