Guerra: 58 cadáveres de soldados mortos na Azovstal chegam a Kiev

9 jun, 15:02

O comentador CNN Portugal Ireneu Teixeira analisa os mais recentes desenvolvimentos da invasão russa da Ucrânia, incluindo mais uma troca entre os dois lados, que resulta no transporte para Kiev de 58 cadáveres de soldados mortos na fábrica Azovstal, em Mariupol.

Ireneu Teixeira alerta ainda para o rapto de 20 pessoas na região de Zaporizhzhia, das quais 11 são funcionárias da central nuclear de Energodar, a maior da Europa. A informação foi divulgada pela própria central nas suas redes sociais.

Europa

Mais Europa

Patrocinados