"Foi-nos dito que 16 de fevereiro será o dia do ataque" russo, afirma Zelensky

14 fev, 20:21

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirma que o ataque russo está previsto para "dia 16 de fevereiro"  e pediu para os cidadãos ucranianos fazerem desse dia "um dia de união". 

"Estamos intimidados com uma grande guerra e definimos mais uma vez a data da invasão militar. Esta não é a primeira vez. Mas nosso estado está mais forte hoje do que nunca", afirma Zelensky, na publicação nas redes sociais, onde apela a que os cidadãos ucranianos pendurem “bandeiras nacionais” e coloquem “fitas azuis e amarelas” de forma a “mostrar ao mundo” a sua unidade.

"Dizem-nos que 16 de fevereiro será o dia do ataque. Vamos fazer dele um dia de união", pode ler-se na publicação. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados