“Equipas de socorro trabalham em silêncio quase absoluto ouvir vozes de pessoas que possam estar debaixo dos escombros”

15 jan, 09:05

Sérgio Furtado, enviado especial da CNN Portugal à Ucrânia, e que se encontra em Dnipro, explica que ainda há pessoas por encontrar entre os escombros, não havendo, por isso, um número oficial de vítimas e feridos.

“As equipas de socorro estão a trabalhar em silêncio quase absoluto para que possam ouvir vozes de pessoas que possam ainda estar debaixo destes escombros”, explica, enquanto mostra o cenário de destruição.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados