Dormem e trabalham no mesmo sítio, não receberam o bónus prometido: trabalhadores na China em protesto contra medidas anticovid

Correspondente em Tóquio
24 nov, 10:54

Filipe Santos Costa, correspondente da CNN Portugal na Ásia, comenta os protestos em Zhengzhou, onde se situa a maior fábrica de iPhones do mundo, após o anúncio de novas medidas restritivas contra a covid-19 na China.

Apesar da censura do governo chinês, centenas de trabalhadores derrubaram barreiras e destruíram câmaras de videovigilância em protesto contra as condições em que trabalham há quase um mês. 

A fábrica considera que os novos trabalhadores são responsáveis por estes confrontos, mas o clima de contestação faz-se sentir por toda a China à medida que as medidas restritivas se intensificam. 

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados